Viajando com ela para a praia

Em Dezembro de 2013 fizemos nossa primeira viagem para a praia com a nossa Luana, aos seus 6 meses de idade. Destino escolhido – praia de Geribá, na cidade de Búzios! A praia de Geribá é uma das mais famosas praias do balneário de Búzios, no litoral do Estado do Rio de Janeiro. Seu nome vem da palmeira alta e elegante comum na área litorânea! Apresenta dois quilômetros de extensão, sendo a praia mais frequentada de Búzios, de areia bem fininha e bem branquinha!
Viajar com um bebê é algo que necessita de planejamento! Então, com praticamente dois meses de antecedência, começamos a organizar as coisas. Alugamos uma casa à beira mar – 4 quartos, sendo 3 suítes, cozinha, área de serviço, um banheiro social, duas salas e uma espaçosa área que terminava na areia da praia. Escolhemos a cidade de Búzios, lugar que já fomos várias vezes e que gostamos muito, e ainda, por ser uma cidade próxima à nossa e, assim, podíamos ir de carro próprio (papai ainda não tinha coragem de colocar a filhotinha em um avião) rsrs! Bobo!
Pois bem, casa alugada, vamos aos preparativos para a viagem! A primeira coisa que fiz foi marcar uma consulta médica para uma boa conversa com o pediatra da minha filha! Eu tinha muitas dúvidas em relação aos cuidados com a Luana numa viagem como essa e, apesar de ter lido bastante sobre o assunto, sentia necessidade também de uma conversa mais detalhada com ele. Confesso que eu e papai estávamos muito apreensivos e, por algumas vezes, chegamos a pensar que estávamos nos precipitando e que, talvez, fosse melhor esperar um pouquinho mais! Enfim, já não dava mais para desistir, então, continuamos com os preparativos. A consulta médica foi excelente! Recebi várias dicas que me deixaram bem tranquila! Olhem só:
• Luana deveria ficar sempre na sombra, vestida com roupas leves e sempre bem hidratada! Mesmo na sombra, deveríamos tomar cuidado por causa dos reflexos do sol, que poderiam causar queimaduras no bebê, uma vez que sua pele é muito sensível. O chapéu também seria muito importante e, nessa fase, Luana ainda aceitava ficar com ele;

• Os horários preferidos para desfrutarmos da praia deveriam ser aqueles antes das 10h e após às 16h ou 17h. Alguns especialistas não recomendam o uso de protetor solar em bebês com menos de 6 meses de idade, devido a sua maior absorção através da pele do bebê e também pela possível dificuldade de ser eliminado, pela imaturidade do seu sistema excretor. Como Luana já estava com 6 meses, eu não podia deixar de usá-lo. Comprei o protetor solar Nívea para bebês, fator de proteção 60, por indicação médica, e o mesmo deveria ser aplicado em área por área, lembrando das dobrinhas, das orelhas, dos pezinhos e das mãozinhas;
• Luana ainda estava em aleitamento materno, mas eu já estava oferecendo frutas e sucos há uma semana, então, durante toda a nossa estadia, sua alimentação continuaria sendo o meu leite, os sucos e as frutas ao longo do dia! Resolvi deixar para introduzir a papinha “salgada” quando voltássemos para casa;
• O contato com a areia e com a própria água do mar ainda deveria ser pequeno;
• O ar condicionado do quarto deveria ser checado assim que chegássemos lá! Isso porque, geralmente, nessas casas alugadas para temporada, esses equipamentos costumam não receber uma manutenção adequada. Deveríamos usá-lo, a princípio, de uma forma mais leve e ficarmos de olho na pequena, no dia seguinte; com o objetivo de detectarmos alguma mudança em relação ao seu comportamento;
• Deveríamos levar os medicamentos mais usados por ela, como os analgésicos, por exemplo, para o caso de uma necessidade.
Pronto! Dúvidas sanadas, tempo de arrumar as malas e pé na estrada! Saímos da cidade de São João del-Rei/ Minas Gerais por volta das 5h da manhã! Esse é o nosso horário preferido para viagens de carro, mesmo quando não tínhamos nossa menina! Percorremos cerca de 483.45 km até Búzios, fizemos duas paradas e levamos em torno de 6 horas para chegar ao destino desejado! A viagem foi tranquila! Abusamos dos brinquedos preferidos da pequena e também do meu i pad, com os seus vídeos preferidos! O i pad ajuda muito e a distraiu por um bom tempo.
Ao chegarmos na casa, antes mesmo de retirar as malas do carro, passamos por todos os cômodos para uma vistoria! Tudo certinho! A partir daí, carro descarregado, malas desfeitas e estava dada a largada para dias deliciosos em família e com amigos! Não fomos sozinhos, estávamos com um casal, que também tinha uma filha, um pouco mais velha que a Luana!
Viajar tendo como hospedagem uma casa alugada por nós tem suas vantagens, mas também algumas desvantagens. Vamos lá! Vou registrar primeiramente os pontos positivos de uma viagem nessas condições:
• A casa em questão tem uma localização privilegiada, bem de frente para o mar, o que nos proporcionou cafés da manhã, almoços, lanches da tarde e jantares com uma vista maravilhosa;

• Banheiros, salas e cozinha à nossa disposição, bem pertinho da praia. Isso, particularmente pra mim, foi essencial! Eu precisava apenas dar alguns passos para amamentar Luana num ambiente mais fresco e tranquilo, além de poder fazer sucos naturais e fresquinhos durante todo o dia;
• Luana ainda tirava sonecas, tanto na parte da manhã, quanto na parte da tarde, e eu não gostava da ideia de atrapalhar a sua rotina, mesmo que durante poucos dias. Assim, a babá eletrônica (com vídeo) nos foi de grande valia, pois, Luana dormia em nosso quarto, dentro da casa, enquanto nós ficávamos de frente para o mar! Eu achei fantástico isso!
As desvantagens não foram muitas! Uma delas e, talvez, a que mais tenha “pesado” foi o fato de sermos os responsáveis pela arrumação da casa em geral – banheiros, cozinha, salas e os nossos próprios quartos! Outra coisa: como éramos uma turma mais caseira, também éramos os responsáveis pelos almoços e jantares, mas, aqui, dou os créditos aos papais! Eles foram nota 10 e fizeram pratos deliciosos!

Ficamos por lá durante 6 dias! Foram dias muito gostosos, Luana se comportou muito bem durante todo o passeio e não nos deu preocupação alguma. Acredito que quando tomamos as devidas precauções para se viajar com um bebê, tudo pode dar certo e o passeio pode acontecer da melhor maneira possível! E por aí pessoal? Experiências como essa pra contar?
Beijinhos,
Tati Carvalho

Anúncios

Sobre Tati Carvalho

Sou fisioterapeuta, atuante na área de Saúde Pública, trabalho com a saúde da mulher e da criança! Casada, mãe de uma linda garotinha - Luana! Apaixonada pelo complexo e mágico mundo da maternidade! E sempre, SIMPLESMENTE AGRADECIDA!
Esse post foi publicado em Passeios e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s